Quarta-Feira, 28 de Setembro de 2016

Ministro teve reunião com superintendente da PF dois dias antes de antecipar operação

O ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, reuniu-se com o superintendente regional da Polícia Federal em São Paulo, Disney Rosseti, dois dias antes de ter dado a polêmica declaração de que haveria uma nova fase da Operação Lava Jato nesta semana.

Comentários (0)

Quarta-Feira, 28 de Setembro de 2016

Quase um ano após tragédia, prefeito de Mariana tem bens bloqueados por improbidade administrativa

A prefeitura de Mariana, na região Central de Minas, se posiciona sobre a segunda fase da operação Primaz de Minas, deflagrada na tarde de segunda-feira, que bloqueou bens do prefeito do município, Duarte Junior do PPS, e do secretário de governo e relações institucionais, Edvaldo Santos de Andrade.

Comentários (0)

Quarta-Feira, 28 de Setembro de 2016

‘Se for pra ser juiz, tem que ser sério’, diz Cármen Lúcia

A presidente do STF, ministra Carmem Lúcia, no inicio de uma sessão do Supremo: ela defendeu o aperfeiçoamento dos concursos para a magistratura A presidente do STF, ministra Carmem Lúcia, no inicio de uma sessão do Supremo: ela defendeu o aperfeiçoamento dos concursos para a magistratura

Comentários (0)

Segunda-Feira, 26 de Setembro de 2016

Temer irritado com ministro da Justiça por uso político da Lava Jato

Michel Temer teria ficado profundamente irritado com as declarações feitas neste domingo pelo ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, durante um ato político do PSDB, quando antecipou a 35ª fase da Operação Lava Jato.

Comentários (0)

Segunda-Feira, 26 de Setembro de 2016

Lindbergh: "é ou não é um indício escandaloso de aparelhamento e uso político da Lava Jato como 'operação boca de urna' contra o PT?"

O senador Lindbergh Farias (PT-RJ) chamou atenção para a declaração do ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, que adiantou neste domingo a 35ª fase da investigação, durante um ato tucano,.

Comentários (0)
Artigos

Quarta-Feira, 28 de Setembro de 2016

SUA EXCELÊNCIA, O VOTO

Por: Luiz Tito

Poucas vezes se viu uma campanha eleitoral como a que está acontecendo no país, em especial pelo expressivo desinteresse por parte do eleitorado brasileiro.

Comentários (0)

Quarta-Feira, 21 de Setembro de 2016

Agualusa: impeachment foi triunfo da estupidez

Por: José Eduardo Agualusa

Escritor angolano José Eduardo Agualusa, que viveu quatro anos no Brasil, acha assustador que país tenha aberto tamanho espaço para o conservadorismo; "Espero que aquilo que se sucedeu sirva para despertar o conjunto da sociedade brasileira, em especial os mais jovens", diz ele.

Comentários (0)

Terça-Feira, 20 de Setembro de 2016

Vamos lá, presidente Temer

Por: Luiz Tito

O presidente Michel Temer convive com o desejo febril da sociedade brasileira de que o país volte a crescer, a inflação seja contida, o emprego ressurja para 11 milhões de brasileiros e o tão desejado programa de reformas se produza dentro de uma agenda possível e de permanente evolução. Mas seguimos parados no mesmo lugar; os otimistas dizem que a situação parou de piorar, o que, convenhamos, é muito pouco. Só isso poderá tornar a dormência do governo Temer, em pequeno prazo, muito perigosa, produzindo um quadro social insustentável.

Comentários (0)

Segunda-Feira, 19 de Setembro de 2016

Somos todos idiotas?

Por: GLEISI HOFFMANN

Na última quarta-feira, o presidente Michel Temer tentou se vitimizar diante das críticas ao seu pacote de arrocho que está sendo imposto aos brasileiros. Disse ele: “Convenhamos, é muito desagradável imaginar que um governo seja tão estupidificado, tão idiota, que chega ao poder para restringir direitos dos trabalhadores, para acabar com saúde, para acabar com educação”.

Comentários (0)

Segunda-Feira, 5 de Setembro de 2016

Chega de sacrifícios

Por: Luiz Tito

Reações apenas pontuais à cassação do mandato de Dilma Roussef nos dão mostras de que a ex-presidente será brevemente esquecida, e com facilidade, pela sociedade, pela imprensa e pela classe política. Notadamente pouco afeita ao diálogo, de postura oscilante entre “pouco simpática” e “muito autoritária” e titular de um governo diuturnamente perturbado pelas ações de seus adversários, espalhados em quase todos os espaços políticos, Dilma deverá continuar em cena até o fechamento de mais dois atos: primeiramente, até a manifestação do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre se a decisão de fatiamento pelo Senado de sua condenação – que lhe tirou o mandato de Presidente da República, mas preservou seus direitos políticos, o que lhe garante inclusive o direito de disputar, eventualmente, algum cargo eletivo em quaisquer das futuras eleições. O outro ato é aquele que Dilma depende do julgamento do TSE de ação que questiona suas contas de campanha e outras inconformidades, podendo levar à cassação da chapa eleita em 2014, encenada por Dilma e Michel Temer.

Comentários (0)

Segunda-Feira, 26 de Setembro de 2016

Lava Jato diz que Odebrecht pagou R$ 128 mi em propina ao PT em 6 anos

As investigações sobre o ex-ministro Antonio Palocci na Operação Lava Jato apontam que ele tratava com a empreiteira Odebrecht assuntos atinentes a pelo menos quatro diferentes esferas da administração pública federal: a obtenção de contratos com a Petrobras relativamente a sondas do pré-sal; a medida provisória destinada a conceder benefícios tributários ao grupo econômico Odebrecht (MP 460/2009); negócios envolvendo programa de desenvolvimento de submarino nuclear - PROSUB; e financiamento do BNDES para obras a serem realizadas em Angola.

Comentários (0)

Quarta-Feira, 21 de Setembro de 2016

Lula: ‘O que acontece no Brasil não me abala e só me motiva a lutar mais’

Por meio de uma videoconferência via internet na noite desta terça-feira, no lançamento da campanha 'Stand with Lula' ('Apoie Lula', em português), nos EUA, o ex-presidente Lula reafirmou sua indignação com a "parcialidade" de "algumas pessoas do Ministério Público e da Polícia Federal" na denúncia apresentada e aceita pelo juiz Sérgio Moro.

Comentários (0)

Quarta-Feira, 21 de Setembro de 2016

Delação amplia pressão contra Temer no TSE

Otávio Azevedo, ex-presidente da Andrade Gutierrez, disse ter pago R$ 1 milhão à chapa Dilma-Temer, em 2014, como propina disfarçada de doação eleitoral, na ação que corre no TSE e pede a cassação da dupla.

Comentários (0)

Quarta-Feira, 21 de Setembro de 2016

"Dinheiro da Andrade teria saído do mesmo caixa que doou a Aécio"

Advogado da campanha de Dilma Rousseff, Flávio Caetano, assegura que as doações feitas pela empreiteira Andrade Gutierrez à petista em 2014 são legais, como confirmado pelo próprio empreiteiro Otávio Azevedo, ex-presidente da empresa.

Comentários (0)

Terça-Feira, 20 de Setembro de 2016

Delação amplia pressão contra Temer no TSE

O ex-presidente da Andrade Gutierrez, Otávio Azevedo, disse ter pago R$ 1 milhão à chapa Dilma-Temer, em 2014, como propina disfarçada de doação eleitoral, na ação que corre no Tribunal Superior Eleitoral e pede a cassação da dupla; se a ação vier a ser julgada neste ano, e houver a condenação, o Brasil terá novas eleições em 2016.

Comentários (0)